Debate no lançamento do livro “Descolonizar o imaginário”