Os direitos das mulheres são conquistas diárias, manifesto assinado por mulheres que entre 1986 e 2016, exerceram cargos de Presidentas, Secretárias e Ministras de órgãos voltados para a afirmação e o exercício dos direitos das mulheres. No documento afirmam estar "profundamente consternadas com as milhares de vida perdidas em nosso país pela pandemia do coronavírus. E, pelo grave momento de retrocessos e desrespeito aos espaços de controle social, que caracterizam a atuação do governo federal, principalmente em relação as conquistas e avanços das políticas públicas para as mulheres, jovens e idosos."

O texto é assinado por Jacqueline Pitanguy, Rosiska Darcy de Oliveira, Solange Bentes Jurema, Emília Fernandes, Iriny Lopes, Eleonora Menicucci e Nilma Lino Gomes.

Leia a íntegra do Manifesto aqui.

Transmissão do debate Construção e Desmonte dos Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres no Brasil