Nos últimos meses, no Brasil, muitas pessoas saíram às ruas para dizer “vidas negras importam!”. Essa afirmação faz coro com a luta antirracista nacional e internacional realizada pelos movimentos negros.

Mas por que entoar vidas negras importam como um dos hinos antirracista? Porque o racismo mata! Para o racista, vidas negras são descartáveis.

O Núcleo de Acompanhamento de Políticas Públicas de Igualdade Racial da Fundação Perseu Abramo lança o Vídeo Manifesto Contra o Racismo como um dos marcos da sua criação.

Vimos a público afirmar que a democracia racial é uma farsa. E que retomar a democracia em tempos de retrocessos dos direitos só terá sentido se for uma democracia radical: antirracista, antipatriarcal, anticapitalista, antiLGBTfóbica e antifascista.

Se não for com essa radicalidade, corremos o risco de sermos antirracistas somente na retórica e nunca na prática.

Agradecemos a todas as pessoas que participaram do vídeo e que o tornaram possível.

- Núcleo de Acompanhamento de Políticas Públicas de Igualdade Racial da Fundação Perseu Abramo.