A equipe da Fundação Perseu Abramo lamenta profundamente a morte do professor Wilson Cano, ocorrida no dia 03/04. Cano iniciou a carreira como professor e pesquisador na Unicamp em 1969, foi um dos criadores do Instituto de Economia e chefiou o Departamento de Economia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade. "Formador de várias gerações de pesquisadores e professores Brasil afora, o prof. Wilson é figura maior na trajetória da qual somos todos herdeiros. Combatente das melhores causas até o fim da vida, fica para todos nós seu exemplo de dedicação ao Brasil e à Universidade, sua trajetória ímpar de intelectual e homem público, e os ensinamentos de sua vasta obra e incontáveis aulas ministradas", destaca a nota de pesar do departamento de Economia.

Mesmo após a aposentadoria, Wilson Cano continuou a ministrar aulas, fazer pesquisas e produzir artigos, como professor colaborador. Contribuiu também com o governo do PT em Campinas, entre 2001 e 2004, no mandato de Izalene Tiene, coordenando estudo sobre Urbanização, Economia, Finanças e Meio Ambiente na Região Metropolitana da cidade. Marcio Pochmann, professor da Unicamp e ex-presidente da FPA, se manifestou com pesar: “O professor Wilson Cano, brasileiro incansável, passou pela vida, deixou o legado. Base sólida do pensamento estrutural da Escola de Economia de Campinas, sucessor de Celso Furtado. Companheiro de todas as lutas. De quem acredita que outro Brasil tão necessário quanto possível.”

Em entrevista para o programa Memória Científica, da TV Unicamp, Wilson Cano conta episódios de sua vida profissional acadêmica, destacando a importância da Cepal (Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe) e de Celso Furtado na sua formação e na sua atuação como economista, preocupado em entender as raízes do subdesenvolvimento e da desigualdade brasileiras. "Economia é a minha vocação", afirmou. "Sou um economista que respeita muito a história, e sempre que estou raciocinando para um problema presente, ou pensando no futuro, eu olho o passado". Confira o programa na íntegra abaixo.

Seus livros, artigos e aulas estão disponíveis no site https://www.wilsoncano.com.br, criado pelo professor para iluminar o debate econômico sobre os problemas nacionais. Segundo a descrição do professor Cano o site é uma forma de "modestamente, contribuir com maior acesso ao conhecimento de nossa economia nacional, de seu subdesenvolvimento, da explosiva e má formação de suas economias urbana e regional e dos crassos erros cometidos em suas políticas púbicas, fatos que hoje têm sido pouco e mal debatidos no país, notadamente na universidade, no sindicato e na mídia."

O professor também contribuiu para o livro Celso Furtado e o Brasil, editado pela Fundação Perseu Abramo, disponível em pdf  e para a revista Teoria e Debate com a resenha "Globalização e neoliberalismo" (edição 53) e o artigo "Notas para um projeto nacional de desenvolvimento" (edição 45).


Com informações do PT de Campinas, da TV Unicamp e do Departamento de Economia da Unicamp