Nota Pública

A Ocupação Yary Ty comunica Estado de emergência do território indígena Jaraguá e convoca imprensa, parceiros e parceiros para comparecer dia 04 de março, às 15h, no Forum da 14a. Vara Federal na Avenida Paulista 1682, para fortalecer na reza dos Guarani durante a audiência.

Em 30 dias de resistência, que migrou de um estado espiritual de luto ao estado físico e emocional e tenso de luta e resistência devido à sorrateira devastação da natureza causada pela Imobiliária Tenda após a supressão de quinhentas espécies arbóreas de uma área sagrada remanescente da Mata Atlântica que compõe o cinturão verde deste mesmo bioma.

Após a denúncia de crime ambiental e constitucional feita pelo povo Guarani, muitas questões vieram à discussão, causando grande movimento nos órgãos competentes e trazendo visibilidade e interesse da imprensa nacional e internacional à questão que vai de encontro às pautas do inevitável colapso climático e aquecimento global, apontando para os perigos da devastação da natureza no planeta.

A luta no Jaraguá envolvendo a Imob. Tenda e os Guarani colocou em contradição competências municipais, estaduais e federais e configurou um conflito político-financeiro, muito aquém do legislativo, uma vez que foram desconsideradas a legislação federal e os acordos internacionais os quais o Brasil é signatário.

Os interesses da Imob. Tenda neste conflito são escusos e provenientes de uma ação de especulação imobiliária, gozando da precariedade social sofrida pelos brasileiros, onde empresas de capital acionário majoritários nas mão de gigantes como Ambev e Banco Itaú (principais acionistas da Tenda) aproveitam da figurativa econômica de baixa renda para sugar, capitalizar e enriquecer em nome da "moradia popular" e falsa distribuição de empregos.

Porém, os guardiões da natureza estão sofrendo um seríssimo ataque, registrado e documentado, através de um ofício emitido pela Polícia Militar do Estado de São Paulo para cumprir uma ordem judicial de reintegração de posse expedido por uma juíza de primeiro grau do Fórum Regional da Lapa.

Com este chamado, vamos fazer uma forte corrente, em uma força tarefa para o próximo dia 04, para um movimento de fortalecimento, e através da imprensa, divulgação massiva dessa ocorrência. Que as energias e forças de Nhanderu e dos Guardiões da Floresta não permitam que o caso chegue até o dia 10 num quadro de carnificina promovido pelos órgãos mencionados.

Caso contrário, uma nova convocação se faz necessária, a Ocupação Yary Ty chega em fase crucial de resistência e sobrevivência, com a execução da ação de reintegração de posse, hostil e armada, contra um movimento de salva guarda da Mãe Natureza e do Nhanderekó Guarani (modo de vida e cultura). É solicitado, a todos e todas que puderem, comparecerem e se possível acamparem da virada do dia 09 para o dia 10 na ocupação, afim de somar nessa luta! Aguyjevete ✊🏿🍃!

Contribua e fortaleça, cada um a sua condição e fé, em uma causa de vc proteção e construção de ideias para adiar o fim do mundo!

Nosso luto virou luta! Somos a resistência!