A Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado aprovou na última segunda (16), em votação esvaziada composta por dois Senadores, a eliminação do triângulo amarelo com a letra "T" transgênicos (PLC 34/2015). Ontem foi a vez de sua aprovação na Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC). Agora o PL aguarda votação no Senado.

Segundo a Agência Senado, ainda deverão ser identificados por meio de expressões como “(nome do produto) transgênico” ou “contém (nome do ingrediente) transgênico”, de forma legível no rótulo. Mas a marca já característica sai dos rótulos.

O relator na CMA, Senador Cidinho Santos, teria dito na discussão que "uma análise científica rigorosa" é o melhor caminho para que se afaste "o medo em torno deles", fruto de "ignorância e obscuridade". No entanto, retirar uma informação dos consumidores sobre os produtos que ingerem e cujos efeitos podem ser nocivos para a saúde não é considerado "ignorância e obscuridade" pelo parlamentar.