Defendida no Programa de Mestrado Profissional da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), a dissertação de Melissa Spröesser Alonso, orientada por Alexandre Guerra, discute o impacto do Programa Mais Médicos no município de Mauá (SP), localizada no Grande ABC.

Após traçar um cuidadoso quadro da política de saúde no Brasil e de analisar dados da região, a autora disponibiliza dados (entrevistas aos gestores e dados dos sistemas de informação oficiais) desde o início do Programa em Outubro de 2013 até Outubro de 2016, quando ocorreu o golpe, e mostra que, em Mauá (SP), o programa teve impactos muito positivos Entre os resultados positivos estão o aumento no número de consultas e visitas domiciliares, a redução da desigualdade no acesso e melhora dos indicadores de saúde no município em geral. A cidade recebeu, no período analisado, 46 médicos do Programa.

O programa, considerado um sucesso por usuários e gestores, é parte importante do legado dos governos do PT, mas tem sido desmontado em suas três fases pelo governo golpista.