O acervo do Centro Sérgio Buarque de Holanda (CSBH), da Fundação Perseu Abramo, tem imagens históricas da luta das mulheres ao longo dos anos, que podem ser consultadas em http://acervo.fpabramo.org.br/. O CSBH edita ainda a Revista Perseu: História, Memória e Política, cujo número 7 apresenta um dossiê denominado “Mulheres do PT” que contém um conjunto de documentos e imagens sobre a participação das mulheres no partido. Segue o link para download.

Entre as fotos destacadas, constam as de Vera Jursys. Seu trabalho pode ser visto no curta Mobilizou Geral - A longa década de 80 na fotografia, sobre as greves da década de 1980 em São Bernardo do Campo e Diadema.

O Dia Internacional da Mulher é parte da história de lutas e reivindicações das mulheres. Apesar das diferentes versões quanto à sua origem, há alguns acontecimentos que são associados à data. A proposta de um Dia da Mulher foi feita em 1910 no II Congresso Internacional de Mulheres Socialistas em Copenhagem por Clara Zetkin, membro do Partido Comunista Alemão. O dia é associado, também, às greves e mobilizações realizadas no setor têxtil em países como Rússia e EUA ainda no final do século XIX início do XX, nas quais as mulheres tiveram intensa participação.

Desde então, as lutas travadas por mulheres de todas as partes do mundo ao longo do século XX tiveram reivindicações que vão desde as melhorias nas condições de trabalho, o voto feminino, até a denúncia de desigualdades e violações de direitos, e também do direito ao corpo e à sexualidade. A história das mulheres é marcada, sobretudo, pela resistência. Longe de ser apenas comemorativa, nesta data é fundamental refletir sobre os avanços e os desafios no que se refere à luta por uma sociedade mais justa e por igualdade de gênero.