FPA Comunica 18 avalia programas de ampliação do acesso de jovens ao ensino superior, ainda restrito e concentrado nas camadas mais ricas da população

O Brasil vem passando por mudanças na oferta educacional. A partir das duas últimas décadas, observou-se redução significativa do analfabetismo e universalização do ensino fundamental. No período, também houve expansão do ensino médio e do superior. Apesar da expansão, o acesso dos jovens ao ensino superior é ainda muito restrito e concentrado nas camadas mais ricas da população.

Algumas iniciativas visando alteração dessa realidade foram formuladas pelo Governo Federal, entre elas destaca-se o Programa Universidade para Todos (Prouni), o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), o Programa de Apoio aos Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), a Universidade Aberta do Brasil (UAB), a Lei de Cotas e a expansão da rede federal de educação profissional e tecnológica.

O FPA Comunica 18 busca avaliar os efeitos dessas iniciativas na sociedade utilizando o conjunto de dados analisados foi sistematizado a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O objetivo dessa investigação foi verificar em que medida os programas federais mencionados vêm contribuindo para a democratização do acesso ao ensino superior dos jovens de 18 e 24 anos.

O estudo buscou responder as seguintes perguntas: Qual o perfil dos jovens que têm acesso ao ensino superior no Brasil, em relação à renda familiar? Qual o perfil dos jovens que não tiveram acesso ao ensino superior, em relação à renda familiar e escolaridade? Como foi a evolução do acesso ao ensino superior e a inclusão dos jovens das classes mais baixas no período após a implementação dos programas federais voltados para este fim, com destaque ao Prouni?

O recorte territorial utilizado foi o Brasil, e o recorte temporal considerou a evolução histórica para os anos 1998, 2005, 2012. Considerou-se o ano de 2005 o ponto central de análise por ser o ano da entrada em vigor do Prouni, principal programa de democratização da escolaridade inserido na estratégia federal de expansão do ensino superior.

Baixe o FPA Comunica 18 aqui ou no ícone ao lado desse texto.