Auditório da FPA recebe documentário e debate sobre história do desenvolvimento do Brasil

O auditório da Fundação Perseu Abramo recebeu nesta quarta-feira, 16, o cineasta José Mariani, autor do documentário Um Sonho Intenso, que apresenta um relato sobre a história da economia brasileira nos últimos oitenta anos, o sentido do desenvolvimento econômico do país e suas implicações.

“O filme é um painel, um mosaico. Essa é a força do cinema”, falou Mariani no debate que se seguiu à exibição do documentário que tem no título uma referência ao Hino Nacional brasileiro e é dedicado à Celso Furtado.

Reginaldo, Joaquim, José e Marcio durante debate na FPA

Com a participação do professor da Unicamp, Reginaldo Moraes, Joaquim Soriano e Marcio Pochmann, da diretoria da FPA, Mariani falou sobre sua obra, a expectativa do filme entrar no circuito comercial e na televisão, além de ser produzido para DVD também.

Reginaldo Moraes atentou para o ponto de vista didático do filme, que apresenta desde Getúlio Vargas os caminhos dos governos nacionais na construção do desenvolvimento do Brasil e do seu crescimento econômico.

Moraes acredita que o filme tem importância para as “gerações futuras” e que gera uma provocação: “a necessidade de se construir e debater o desenvolvimento que se quer, que não pode ser predatório de recursos ou de seres humanos”.

Economista Maria da Conceição Tavares é presença marcante

Para Marcio Pochmann, “Mariani é um batalhador. Não foi fácil realizar esse trabalho. A visão do Brasil que o filme apresenta aborda vários aspectos. Não é só um filme sobre economia”.

“O filme permite olhar o Brasil dos últimos oitenta anos e deixa a reflexão sobre os próximos passos do país, sem deixar de lado questões como a da sustentabilidade”, concluiu Pochmann.

Fotos: Marcelo Vinci