Jordana Dias Pereira e Rogério Chaves (Orgs.) | 2022
220 Páginas
Editora: Fundação Perseu Abramo / Fundação Rosa Luxemburgo
ISBN: 978-65-5626-067-9

Baixar PDF  

As reflexões geradas pela pesquisa sobre cultura política realizada pelo NOPPE – Núcleo de Opinião Pública, Pesquisas e Estudos – da Fundação Perseu Abramo ganham agora a dimensão mais organizada de um livro dedicado a elas. A pesquisa foi publicada nas páginas eletrônicas da Fundação no início de 2022.

Organizado por Jordana Pereira, coordenadora do NOPPE, e por Rogério Chaves, coordenador da Editora da Fundação Perseu Abramo, o livro compõe-se de análises, sob diversos ângulos, do que poderíamos chamar de “estado de espírito” de uma parcela importante da classe trabalhadora brasileira.

Chama nossa atenção o traço comum de um enfoque aberto ao debate plural, continuado e não definitivo que une o NOPPE e as interpretações aqui expostas. A pesquisa se enriquece com essa perspectiva. Pensamos que as linhas de compreensão e aprofundamento dependem muito da formulação clara de problemas e de marcos de interpretação que possam se integrar, cotejar e permitir sínteses.

Desde a formulação dos objetivos da pesquisa, uma das preocupações era perceber o quanto penetrou nas camadas populares ideias e valores típicos das ideologias de extrema-direita e o quanto essas camadas vivem e expressam contradições entre esses “conceitos” e sua própria existência material e social.

Para nossa grande satisfação a realidade é mais complexa e rica dos que abstrações simplificadas: as contradições são a marca principal do que encontramos nesse estudo! Não parece haver consolidação de tendências antidemocráticas e anti igualitárias. Ao contrário! Tão pouco aparecem, é preciso anotar, utopias de “um outro mundo possível”, como tem sido visível, aliás, em um mundo neoliberal sem grandes movimentos emancipatórios.

A pesquisa sobre cultura política do NOPPE abre caminho para novos estudos e o livro ora publicado é um momento de impulso teórico.

Agradecemos autoras e autores que se integraram e tornaram esse momento tão promissor.

Saudamos a Fundação Rosa Luxemburgo pela cooperação nesse projeto.

Boa leitura!

Carlos Henrique Árabe
Diretor da Fundação Perseu Abramo